Fazer pouco tempo de exercício físico e mesmo assim emagrecer. Acho que este é o sonho da maioria das pessoas. Quem conhece o HIIT – abreviação de “High Intensity Interval Training”, termo inglês para “Treino Intervalado de Alta Intensidade” – sabe que ele ajuda muito a “secar”. Mas afinal, por que o HIIT emagrece? Conforme o nome indica, o HIIT envolve exercícios aeróbicos realizados em alta intensidade por um curto período de tempo, intercalados com momentos de descanso. “O aluno consegue aumentar o consumo de oxigênio pós exercício de forma muito eficaz, auxiliando no emagrecimento”, explica a educadora física Mariana Curi, da Acahdre, academia onde eu treino.

Lá eu faço HIIT no mínimo 1 vez por semana. Outro motivo é a rapidez dos treinos, perfeitos para quem vive na correria, como eu. Em 30 minutos saio pingando da academia. É o tempo ideal porque os estímulos são curtos e intensos. 

A Mari recomenda HIIT até 3x na semana e em dias alternados. “Por se tratar de um método bem intenso, é importante que o corpo tenha uma boa recuperação desses estímulos, afinal, o descanso também faz parte do treino”, diz ela. Achei uma tabela antiga (de 2011), fonte da revista Época, que compara o treino HIIT com treinos comuns. Os resultados são bem melhores para quem pratica HIIT do que para quem faz exercícios moderados mais vezes por semana e por mais tempo. Vejam só:

 

E uma notícia boa para os amantes dos músculos: Ok, o HIIT emagrece, mas segundo a Mari, novos estudos apontam que existe uma melhora no ganho de massa magra e na redução de gordura para aqueles que fazem HIIT após o treino de musculação. Basta combiná-los bem. “Vale ressaltar que só um profissional da área é capaz de prescrever o método de treinamento e os parâmetros a serem seguidos. Lembre-se que o treino da sua amiga não é o mesmo pra você. Em resumo, o HIIT deve ser bem aplicado, levando em conta as devidas adaptações para a realização, além da análise dos parâmetros como Frequência Cardíaca, VO2máx e Percepção Subjetiva de Esforço para a prescrição correta”, conclui Mari.

Outra coisa, o HIIT pode ser feito na esteira, na bike, ou em qualquer lugar. Basta ter uma ordem dos exercícios a serem seguidos. Por exemplo: 2 minutos pulando corda, 2 minutos fazendo agachamento, 2 minutos correndo no lugar, 10 burpees, etc…

Neste link do site Emagrecendo.info encontrei muitas informações complementares sobre o treino HIIT e que podem ser úteis se você quiser se aprofundar ainda mais no assunto!

 

Então, você vai de treino normal ou de HIIT?

Beijo e boa semana!

Comentários

comentários